A maior riqueza de um homem é ser pobre.

 

 

A maior riqueza de um homem é ser pobre.

Nela encontramos...

 

Saudade,

amizade,

liberdade,

sobriedade,

humildade,

unidade,

reciprocidade,

fidelidade.

 

Que mesmo diante da dificuldade,

e da necessidade.

Achamos nela a hombridade,

para sorrir de felicidade.

 

Enquanto a riqueza,

da falsa nobreza,

nos traz avareza,

indiferença,

falta de crença,

mentira e desavença.

A falsa alegria só traz agonia,

enquanto a verdadeira só contagia.

 

Felicidade,

a razão da busca do viver,

que o pobre pode ter,

o rico porém poderá morrer,

tentando obter.

 

Poema: A maior riqueza de um homem é ser pobre.

Autoria: Leandro Campos Alves

Foto ilustrativa: Andremansur.com.br

Madre Teresa de Calcutá

 

Contato

Leandro Campos Alves Caxambu MG / Liberdade MG. leandrocalves@hotmail.com