A Palavra Poderosa

O poder da palavra vai além
Da bala de metralhadora,
Ela grita mais alto
Que a bomba.

Explode e não mata.

A palavra pode te ferir
Magoar, mentir,
Ou falar a verdade.
É uma questão
A entender e refletir.

A palavra pode te levantar
Para seguir adiante
Ou mesmo te derrubar.

A palavra não tem idade
Ou sexo
Uma fazer todo o sentido
Outra não ter nexo.

A palavra conjuga verbos
Substantivos, predicados
sujeitos e advérbios.

O poder da palavra não gasta
não cobra, não mata, mas morre
Se não houver quem a leia
Interprete e leve adiante.

Exercite diariamente a palavra
Porque o escritor agradece
E ao leitor, só enriquece.
Um beijo, da Guerreira Xue

Contato

Leandro Campos Alves Caxambu MG / Liberdade MG. leandrocalves@hotmail.com