Adolescência

 

Já vou crescendo

de doze a dezesseis.

Já vou vendo

a barba crescendo só de uma vez.

 

Espinhas aparecem.

Barba cresce.

O desespero cresce.

Meu corpo se estremece.

 

Como amendoim,

como chocolate.

Dando-se um fim

lá vai a puberdade.

 

A paixão começa,

sinto euforia.

Tudo parece festa

até pulo de alegria.

 

Na escola sou popular,

estudo pra valer.

Perco até o ar

se algo não entender.

 

Hudson José Landim da Silva, nascido em Barra Mansa – RJ, aos 04/01/2005, estudante do 5° ano da Escola Municipal Professor José Estevão, em Liberdade – MG quer ser médico.

 

 

 

Todos direitos estão reservados a "Antologia Liberdade dos Poetas" e ao autor  conforme artigo (Lei 9610/98).

 

Contato

Leandro Campos Alves Caxambu MG / Liberdade MG. leandrocalves@hotmail.com