Carnaval em Flor.

Ser livre é viver a alegria,

sorrir, pular e entrar na folia.

Ter o coração aberto,

e o corpo desnudo,

ou até mesmo coberto.

 

Ser livre é viver, dançar e encantar.

Criar, trabalhar e ser popular,

amando quem no caminho encontrar,

deixando a tristeza em outro lugar.

 

Ser belo é fazer o que manda o coração,

unir em prol de uma população,

em uma só voz cantar a canção,

para na madrugada filosofar,

sobre a noite espetacular.

 

Ser livre é ser verdadeiro,

amigo, fiel e companheiro.

acordar com a certeza,

que mesmo diante de nossa tristeza,

a festa foi radiante, uma verdadeira beleza.

 

Ser livre é festejar o amor,

abraçar quem for,

e viver o CARNAVAL EM FLOR.

 

Os filhos de nossa cidade,

sabe que Liberdade,

é o sinônimo de felicidade.

 

Festejem em flores,

festejem em alegria,

festejem com seus amores.

Isso é folia.

 

Poema: Carnaval em Flor

Leandro Campos Alves

08 de fevereiro de 2018.

 

        Minha homenagem ao grupo de meninas e meninos que fizeram de um sonho uma realidade, que mesmo diante de obstáculos, levam a alegria a nossos amigos e conterrâneos.

        Parabéns e boa folia.

Leandro Campos Alves.

Meus Poemas.

Resultado do 30º Concurso Internacional de Poesias, Contos e Crônicas ALPAS 21   Parabéns aos autores Classificados! Convidamos a publicares teu(s) texto(s) na Coletânea Paraty e ou na Diálogos. Enviamos convite e informações.   Lírico abraço,   Rozelia Scheifler...
A luz que irradia, no ventre materno. Anuncia em Maria, Seu Filho eterno.   Que seu manto de paz, abençoe as mulheres. Que a vida nos traz, na euforia das dores.   Dores de parto, dores de amor. Dores sem Fardo, dores sem dor.   O verdadeiro ato, da expressão de amor. O...
Acróstico Jesus Cristo.   J – Juro a ti senhor meu Deus, E – esperar nos conselhos Seus, S – sabedoria e discernimento, U – unção e conhecimento; S – Sois a salvação a qualquer momento.   C – Com joelhos prostrados, R – rogo a Tua paz aos desesperados, I – inquieto pelos seus pecados, S –...
C – Curvo a sua majestade, A – augusta cidade, X – xodó das Gerais, A – amor dos maiorais, M – menina das hidrominerais, B – belas são suas fontes naturais, U – únicas, vulcânicas e medicinais.   Acróstico Caxambu Leandro Campos Alves. Biografia  
A soberania absoluta, se faz com homens de fé. Que tem por trás da labuta, a figura de uma grande mulher.   Parabéns a todas as mulheres por fazerem parte de nossa história. 08 de março, dia internacional da mulher.   Poema: Referência Masculina Leandro Campos Alves. Março...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Contato

Leandro Campos Alves Caxambu MG / Liberdade MG. leandrocalves@hotmail.com