Filhos...

Um dia a notícia! ...

Somos tomado primeiro pelo temor,

logo depois sentimos alegria e amor.

 

O primeiro choro,

o primeiro colo e abraço.

O sorriso inocente que é o sinal de um forte laço.

Materno, paterno, ou simplesmente eterno.

 

A vida passa,

deixamos nossos sonhos e a nossa vida,

para viver a sua vida.

 

Filhos! ...

Cuidamos, amamos, adoramos e um dia...

Tudo muda.

 

O filho cresce,

Vira homem e amadurece.

Mas também de tudo se esquece.

 

Esquece das noites que em claro passamos,

esquecem que sempre os amamos,

esquecem do respeito que um dia ensinamos.

 

Quando adulto o amor do filho não é o mesmo,

aquele amor puro e inocente,

aquele sorriso que um dia encantou a gente.

Não tem espaço no seu coração, e na sua mente.

 

Filhos...

Agora é o mundo que a ti pertence,

e seus velhos vão ficando jogados,

esquecidos, e considerados atrasados.

 

Filhos...

Terão seus próprios filhos,

e neste dia redescobrirá o amor dos pais.

Mas talvez possa ser tarde para falar te amo.

 

Pois o tempo passa,

a vida passa,

e a idade devassa...

Leva quem um dia nos amou,

e nunca nos deixou.

 

Um filho esquece do amor de seus pais,

mas um pai, nunca deixará de amar seu filho.

E quando a escuridão da vida chegar,

seus pais ainda hão de te amar.

Por serem simplesmente Pais...

 

E o filho...

Descobrira que não há mais tempo,

e ficará apenas com as lembranças,

Daqueles que um dia os amou quando criança.

 

Leandro Campos Alves.

Livro de poemas e crônicas "Sonhos"

Clube de autores & Publique Saraiva 

2016.

 

 
Número de páginas: 101 

Edição: 1(2016) 

Formato: Pocket 105x148 

Coloração: Preto e branco 

Acabamento: Brochura s/ orelha 

Tipo de papel: Offset 75g

 

 

 

 

 

 

www.clubedeautores.com.br/book/206358--Sonhos?topic=mensagens#.VwWSpPkrLIU

 

 

 

 Todos direitos estão reservados a autor  conforme artigo (Lei 9610/98).

 

Contato

Leandro Campos Alves Caxambu MG / Liberdade MG. leandrocalves@hotmail.com