Filosofia Interior.

Foto Pixabay

F echo os olhos,

I nternando-me em meu eu.

L onge de todos e do mundo,

O rganizando os meus sonhos mais profundos.

S equestrando minha vida,

O ferecendo-me em silêncio,

F ico em plena meditação,

I nerte eu permaneço em alfa,

A companhando o bater do coração.

 

I mpulsivo eu me lembro do passado,

N uma reflexão profunda de meu ser.

T otalmente imune aos meus sentimentos,

E levando-me ao amadurecimento de meu viver.

R etenho aos pensamentos,

I ntrodutórios de minha memória,

O rbe fora da presença humana,

R essabido da vida tão contraditória.

 

R essoa ao longe,

O ferendas de vidas passadas,

I mensamente a mim tão ligadas.

R etraindo-me ainda mais profundamente,

E m visões então projetadas,

T razidas ao quadro de minha mente,

N o momento tão pertinente,

I ntimamente a minha história contada.

 

A brisa da filosofia veste meu corpo,

I ndagando a minha vida e suas passagens,

F icando eruditas em poemas estas mensagens.

O utorgada por Deus e meus sentimentos,

S olitários no mundo inclusos em meu eu,

O utrem até então não me conheceu,

L ivre de minha couraça,

I líada nesta sociedade,

F icaram aqui escritas para a eternidade.

 

 

 

 

Leandro Campos Alves.

Livro de poemas e crônicas "Sonhos"

Clube de autores & Publique Saraiva 

2016.

 

 
Número de páginas: 101 

Edição: 1(2016) 

Formato: Pocket 105x148 

Coloração: Preto e branco 

Acabamento: Brochura s/ orelha 

Tipo de papel: Offset 75g

 

 

 

 

 

 

 

 

 

www.clubedeautores.com.br/book/206358--Sonhos?topic=mensagens#.VwWSpPkrLIU

 

 

 Todos direitos estão reservados a autor  conforme artigo (Lei 9610/98).

 

 

 

Contato

Leandro Campos Alves Caxambu MG / Liberdade MG. leandrocalves@hotmail.com