Gato e sapato

 

Gato tem rabo.

Tem cavalo que é alto.

O sapato tem cadarço.

E o galo é baixo.

 

O gato foi “pro” mato.

O cavalo foi pastar.

E o sapato está molhado.

E o galo foi ciscar.

 

O gato caiu no brejo.

O cavalo saiu a galopar.

Achou um sapato sujo.

E não sabia o que fazer.

 

O gato jogou o sapato,

acertou a cabeça do cavalo,

que saiu a galopar pelo pasto,

e pisou no pé do galo.

 

Jhon Kerlon Fernandes, estudante do 4° ano da Escola Municipal Augusto Pestana, zona rural de Liberdade – MG.

 

 

 

Todos direitos estão reservados a "Antologia Liberdade dos Poetas" e ao autor  conforme artigo (Lei 9610/98)

 

Contato

Leandro Campos Alves Caxambu MG / Liberdade MG. leandrocalves@hotmail.com