Ligia Beltrão

Nós Perfeição

 

Amo as tuas mãos delicadas

Que tiram do meu corpo canções

Nas noites pálidas e enluaradas

Dentro de nós vibram as emoções

 

Meus olhos vagam num mar incerto

Dos desejos que em meu corpo tremem

De pensar em ti de mim tão perto

Palavras tontas... Versos que gemem

 

Quando me beijas assim devagarinho

Perdidos ficamos no céu que se deleita

Somos dois pássaros juntos no ninho

 

Eu sou a tua feliz mulher agora eleita

Juntamos em versos amor e carinho

Somos do amor inspiração pura e perfeita!

 

Autoria: Lígia Beltrão

 

Súplica

 

Eu suplico-te: - Larga a correria!

Dos dias que passam nebulosos

Pra que correr nessa estrada fria

De dias agrestes e espinhosos?

 

Vive a fresca manhã que renasce

E acena em paz para cada flor

Que a noite pariu tão sorridente

No encontro com o dia, fazendo amor.

 

No soluço desse meu amargo grito

Fazendo eco com as minhas mãos cansadas

Que ressoa forte pelos ares do infinito

 

Daremos glórias as mil graças alcançadas,

Da emoção do nosso encontro bendito

Enxugando as minhas lágrimas tristes e salgadas!

 

Autoria: Lígia Beltrão
 

CONFISSÕES     

Eu te olhava

E me perdia de paixão.

Navegava na tempestade tua

Que me irrigava o corpo

Trêmulo de tesão.

Entre frases e carícias atrevidas,

Nossos desejos sem medidas

Expandiam-se pelos ares.

 

Eu me entregava sem pudor

E tuas mãos apertavam

Minha pele eriçada,

E seguíamos nós,

Sob uma chuva de estrelas

Em nossa frenética cavalgada.

 

De olhos fechados,

Nesse instante, eu me fazia musa,

E nossos gemidos

Eram poemas rimados

Que no vento ecoavam em brados

Misturados a suor e calor.

 

E na opulência do instante,

Nossos corpos arqueados

Davam-se entrelaçados

Ao mais puro poema de amor!


Autoria: Ligia Beltrão


        Nasci em Tupã-SP em 1957, filha de pais pernambucanos, logo voltamos para nossa terra, fixando residência em Garanhuns, que considero minha casa. Hoje, moro na praia de Pau Amarelo- Paulista, região metropolitana de Recife-PE. Sempre gostei de escrever, desde muito cedo. Caminho pela poesia, contos e crônicas. Tive poesias premiadas em alguns concursos nacionais. Fiz uma pausa na vida literária para cuidar do marido doente. Hoje, viúva, tento fazer o curso de ciências sociais e retomei minhas escritas, tenho me dedicado na elaboração de livros, a serem publicados.


Biografia de Lígia Beltrão
Fonte: Divulga Escritor

www.divulgaescritor.com/products/ligia-beltrao-colunista/

 

Todos os direitos são reservados a autor, conforme artigo (lei 9.610/98)

Contato

Leandro Campos Alves Caxambu MG / Liberdade MG. leandrocalves@hotmail.com