Luz da Lua.

 

Lorena é uma linda menina,

e com o seu pensamento tão distante

pensa em uma coisa que muito fascina,

Como pode a lua ser tão brilhante?

 

As estralas ficam a sua volta

iluminando ainda mais sua beleza.

Parecem até que estão fazendo escolta,

mas isso para elas é moleza.

 

O brilho dela é realmente fascinante,

isso é uma verdade e ainda continua.

É um astro tão marcante

Como és bela esta lua!

 

Porque é tão encantadora?

Eu sinto tanta alegria,

que vou dormir hoje

sabendo que vou lhe contemplar outro dia.

 

Oh doce lua!

Que luz suave a tua.

Crescente, cheia, nova ou minguante

tu és a bela lua.

 

Jeanne Carla da Silva, estudante do 9° ano da Escola Estadual Frei José Wulff, em Liberdade – MG.

 

 

 

Todos direitos estão reservados a "Antologia Liberdade dos Poetas" e a autora  conforme artigo (Lei 9610/98).


 

Contato

Escritor Leandro Campos Alves https://www.clubedeautores.com.br/authors/75816

https://www.facebook.com/escritorleandroalves/

http://busca.saraiva.com.br/q/leandro-campos-alves

https://plus.google.com/u/0/+EscritorLeandroCamposAlves