Maria Cecilia Camargo

    Muitas vezes a leitura nos encanta pelo soar dos versos e desfecho dos textos e romances, mas como tal, um olhar sobre a sensibilidade feminina nos leva ao fascínio da hipnose, assim eu me refiro ao trabalho da artista curitibana Maria Cecilia Carmargo, que leva para suas criações o encanto das cores, demonstrando toda sua dádiva.  Simplesmente me maravilho com seu trabalho.

    Para nossos leitores que apreciam a arte, convido a conhecerem mais o trabalho da artista plástica Maria Cecilia Camargo em seu site Artes Visuais Maria Cecilia e descobriram o encanto de suas telas.

 

Leandro Campos Alves

Novembro de 2017

 

Vamos Conhecer mais sobre esta grande Artista.

 

. Formada em Design de Interiores pela Faculdade Cândido Mendes (2002).

. Pela Universidad Nacional Autónoma de México – UNAM cursou “Ser más creativos” com Guadalupe Vadillo (2014).

. Recebe da artista plástica Silvia Cadaval orientação artística e acompanhamento de projetos.

. Na Escola de Artes Visuais do Parque Lage/RJ cursou:

. “Imagem do desenho aos outros meios” com Carli Portella (2001-2002);

. “Modelo Vivo” com Gianguido Bonfanti (2001-2002);

. “Cores” com José Maria Dias da Cruz (2005);

. “Desenho contemporâneo” com Orlando Mollica (2006-2007).

. No Museu de Arte Moderna/RJ cursou “Desenho livre” com Aluísio Carvão (1978-1979).

. Na Faculdade Cândido Mendes/RJ cursou “História da Arte” com Cristina Sá (2001) e “Desenho livre” com Marcos Chaves (2001).

. No Solar do Rosário em Curitiba/PR cursou “Desenho de figura humana: rosto e maõs” com Lélia Brown (2003-2004).

. No Museu Alfredo Andersen em Curitiba/PR cursou “Desenho e tintas naturais” com Viviane Zeni (2003).

. Também em Curitiba/PR cursou “Desenho, composição e cores” com Flávia Brandi (2003-2004).

. Já na cidade de Cascavel/PR cursou “Desenhando com o lado direito do cérebro” com Giovana Britto Correia (1995).

. Cursou Design de Moda no SEBRAE – RJ (1981-1982).

. Catálogo Online de Arte da Nossa Galeria de Arte Nossa Galeria de Arte, São João de Meriti/RJ

 

Referência Catalográfica

Possui obras em acervos públicos e institucionais.

 

Obras em acervo

 

. Exposição “Sou Assim” – Espaço Cultural CEDIM Heloneida Studart, Rio de Janeiro/RJ

. Exposição “Retalhos d´Alma”, Centro Cultural do Clube de Engenharia, Rio de Janeiro/RJ

. Exposição “Domingo no Parque” Espaço Cultural do Clube Militar, Rio de Janeiro/RJ

. Exposição “Pedaços de Mim”, Galeria de Arte Sala Djanira – Espaço Cultural CEPERJ, Rio de Janeiro/RJ

. Exposição virtual “Colcha de Retalhos” – Nossa Galeria de Arte, São João de Meriti/RJ

. Exposição virtual “Domingo no Parque” – Nossa Galeria de Arte, São João de Meriti/RJ

 

Exposições individuais

 

. Exposição virtual “Artistas do Catálogo 2014” – Nossa Galeria de Arte, São João de Meriti/RJ

. Exposição virtual “Percursos” – Nossa Galeria de Arte, São João de Meriti/RJ

. Exposição virtual “Artistas do Catálogo 2013” – Nossa Galeria de Arte, São João de Meriti/RJ

. Talentos da Maturidade – 12ª. Edição – SP

. Talentos da Maturidade – 11ª. Edição – SP

. Coletiva da Associação Profissional dos Artistas Plásticos do Paraná – Galeria da APAP/PR – Sala Osmar Chromiec – Curitiba/PR

1ª. Mostra de Artes Show Móveis – Show Móveis & Porto Belo – Curitiba/PR

 

Portfólio

    A curitibana Maria Cecilia Carmargo demonstrou cedo sua veia artística. Ainda criança frequentou a Escola de Arte da Biblioteca Pública de Curitiba onde prosseguiu seus estudos.

    Na década de 70, mudou-se para o Rio de Janeiro onde cursou desenho de moda e formou-se em Design de Interiores na Faculdade Cândido Mendes.

    Com a mudança para a Capital Fluminense seu trabalho passou por um processo de amadurecimento, pois teve a oportunidade de ter aulas na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, referência nacional na formação de artistas contemporâneos. O contato com o renomado corpo docente da instituição a fez refletir sobre seu processo criativo, resultando em um grande salto qualitativo em sua produção.

    Outra influência importante para o desenvolvimento do seu trabalho foi o artista paraense Aluísio Carvão, seu professor no Museu de Arte Moderna do Rio.

    Apesar de trabalhar com diversas técnicas artísticas, como colagem, pintura e fotografia, tem predileção pelo desenho, tanto que, ao se definir, diz ser “filha do lápis e do papel”.

    Fascinada pela figura humana, especializou-se neste tipo de representação, frequentando inúmeros cursos de desenho com modelos vivos para aprimorar sua técnica, e buscando referências em museus e galerias de Londres, onde passa temporadas dedicadas ao estudo de arte.

    Texto de Valéria Duarte. Consultora de Arte, Especialista em Estudos de Museus pela USP e Mestre em História da Arte pela USP.

 

 

Maria Cecilia Camargo

    Identifico-me com o terror, certamente, sentido por muitos. Percebo que há um grande conflito e agitação até que o quadro se defina mentalmente. Depois disto, desenho com as cores, materializando o que está esboçado na mente e, por vezes, em um estudo prévio. Por mais que eu use recursos virtuais facilitadores, hoje facilmente acessíveis, por maior que sejam as influências externas, o processo criativo vem do meu interior. Mesmo que o modelo seja fielmente representado, coloco no personagem o que está dentro de mim. Como a maioria dos retratos são mulheres, defino que "entre tantas, sou uma". Cada uma ficará eternamente inacabada. O mistério estará no que virá a acontecer até que eu continue viva.

    Quando me perguntam sobre o meu processo criativo, lembro de Edward Hopper. Ele tinha em seu atelier, uma tela em branco, para lembrá-lo do terror que sentia neste momento. Significava a angústia diante do desejo de ser inédito. Diante do que teria que ser criado a partir do inexistente.

    Isto é uma ligeira pincelada. Parece impossível ter um processo criador definido. Ele é evolutivo, depende da época, da técnica que se usa. Mostrando em linhas gerais, sempre começa com a reflexão, com o terror, com o medo, com a dúvida. Depois vem a parte mais louca que é a liberação. É como se eu abrisse as asas e fosse voar.

 

Fonte: artesvisuaismariacecilia.com/aquarela

Biografia de Maria Cecilia Camargo

Contato

Leandro Campos Alves Caxambu MG / Liberdade MG. leandrocalves@hotmail.com