Por onde andas?

 

Menino das minhas poesias,

garoto dos meus devaneios,

por onde andas?

Nessa noite de luar tão belo,

a melancolia se faz presente.

Nessas ruas tristes e quietas,

vago com você na minha mente.

Nessas noites de insônia,

papel e caneta são minhas companhias.

Com um copo de café em mãos,

pego minha solidão e as transformo em poesias.

A falta que me faz,

toma conta dos meus versos.

Sinto falta do seu abraço,

do seu sorriso fácil,

do seu jeito bobo de palhaço,

que me fazia rir.

Mas nem tudo é tristeza,

nem tudo que escrevo é dor.

Lindos versos saem,

ao lembrar que um dia,

minha maior alegria,

foi te chamar de meu amor.

Tudo me lembra de você,

penso em ti a todo instante.

Com quem está?

Meu grande amor.

Por onde andas?

 

Daianna Silva Landim, nascida em Liberdade – MG, aos 16/08/1999, estudante do 1° ano da Escola Estadual Frei José Wulff, em Liberdade – MG, apaixonada por livros, músicas e poesias.

 

 

 

Todos direitos estão reservados a "Antologia Liberdade dos Poetas" e a autora  conforme artigo (Lei 9610/98).
 

Contato

Leandro Campos Alves Caxambu MG / Liberdade MG. leandrocalves@hotmail.com