Site do Poeta José Ernesto Ferraresso

Apresentação do Autor


A começar pelo meu nome, José Ernesto Ferraresso, natural de Serra Negra-SP, professor de Língua portuguesa e Literatura. Admirador de música, bons filmes, peças teatrais e artes em geral. Ler e viajar são meus hobbies . Tive o meu primeiro contacto com a Net, através de vários amigos, pois comecei pertencendo a um grupo, do qual fiz parte da coordenação e me ausentei, retornando há pouco tempo. 

Sou uma pessoa simples, dedicada a tudo que me satisfaz e, gosto de ter momentos aprazíveis. Meu primeiro contacto com a escrita, isto é, a primeira inspiração poética, devo a Walter Pereira Pimentel, poeta conhecido na NET, pois identifiquei-me com sua poesia, dai o despertar desse meu lado, até então desconhecido. Antes disso, escrevi apenas algumas crônicas para os jornais das escolas onde leciono. 

Meu primeiro poema foi INDEFINIDO e a seguir ganhei o primeiro e-book da amiga e poeta Anna Paes, cuja apresentação do mesmo, elaborada por meu amigo Walter. Continuei escrevendo, participando de outros grupos, conhecendo inúmeros amigos, sendo convidado para várias Cirandas. Com isso, ganhei então, meu segundo e-book de outra querida amiga, a conhecida Ângela Poesia.

Tomei gosto pela escrita poética e agora me tornei um membro efetivo da Academia da nossa amiga Efigênia Coutinho. 

A poesia e a net trouxeram uma mudança muito grande em minha vida, pois até então, não havia onde divulgar meus escritos. 

Quero agradecer a todos os amigos que fiz nesta caminhada e também aos formatadores que emolduram com sua arte, minhas poesias. Este sou eu, o INDEFINIDO JOSÉ ERNESTO.

Não me considero um poeta, mas gosto muito de escrever e colocar meu pensamento, através deste lúdico mundo da palavra.

 

Fonte: Joseernesto.com

www.nadirdonofrio.com/jose_ernesto_biografia/jose_ernesto_ferraresso.htm

Link

 

AMOR-PAIXÃO-FASCINAÇÃ0 


Eterno e sempre durável,
Quando for compartilhado.
Amor que é imutável,
Difícil de ser evitado.

Sentimento profundo, 
Provoca sensação de desejos. 
Envolve nossos libidos, 
Conquista e resulta paixão.

Com gritos de amor e volúpia,
Que ecoam de nosso coração.
Torna-nos escravos do momento.
Sensação de furor e erupção.

Loucuras que nos levam ao delírio,
Sem desistir, sem hesitar, 
Ato inexplicável e irresistível,
Fascínio que nos leva a amar.

 

Poema: AMOR-PAIXÃO-FASCINAÇÃ0 
Autoria: José Ernesto Ferraresso 

 

 

QUERO-TE ASSIM...

 

Tento aceitar como és? 
Fogosa, amante, mulher faceira.
Sem conseguir  compreender-te, 
Tento te maltratar, e não consigo.

 
Quero te amar, não me deixas,

Esquecer-te, não consigo.
És impulsiva,
 Faz-me bem e mal.

 
Isso é bom?  É ruim?
Não sei como agir com isso.
Essa palavra "te amo" me ataca,
Não sei como  posso te aceitar,

 
E me atormenta, me maltrata,.
Não consigo deixar de te amar,
Tenho volúpia e paixão pelo teu jeito,
Que posso fazer com esse meu coração?

 

Poema: QUERO-TE ASSIM...

 Autoria: José Ernesto Ferraresso

 

 

 

Quando me olhas

 

Tu me cativas com olhar romântico

sensual, carnal e misterioso.

Olhar indiscreto e não leal,

sensação inexplicável de bem ou mal.

 

 

Olhar de amor , afeição,

esconderijo de dor e ilusão.

Traiçoeiro que fascina.

Enigmático e tentador que me desatina.

 

Distanciar desse olhar não é fácil,

Cativa, atrai e me domina.

É destino e tenha certeza de

vou sofrer quando que te perder.

 

Poema: Quando me olhas

Autoria: José Ernesto Ferraresso

 

 

        Para conhecer as obras de José Ernesto Ferraresso, acesse Aqui e ficaram encantados com a beleza do “Site do Poeta José Ernesto Ferraresso”.

Contato

Leandro Campos Alves Caxambu MG / Liberdade MG. leandrocalves@hotmail.com