Soneto Tempo

O tempo abranda a dor,

cura o corte,

cicatriza as lembranças,

acalenta a morte, nos enche de esperanças.

 

O tempo abranda o passado,

cura a ferida,

apaga o que era errado,

harmoniza o presente da vida.

 

O tempo é o único remédio,

que abranda a desilusão,

e faz renascer uma nova paixão.

 

O tempo cura, acalma, aconselha,

age, ensina, molda e espelha.

É ele o refrigério da alma que nos acalma.

 

Soneto Tempo

Autoria Leandro Campos Alves

Julho de 2017

Livro Lembranças 

1ª edição 2018

 

Imagem ilustrativa: time surrealism

 

Todos os direitos são reservados ao autor conforme lei (9.610/98).

 

Contato

Leandro Campos Alves Caxambu MG / Liberdade MG. leandrocalves@hotmail.com