Um amor.

 

Queria saber que dia, minuto,

e segundo eu comecei a te amar,

mas não tem como...

 

Saber depois que o tempo passou,

eu percebi o jeito que eu conheci o amor.

Esse amor foi crescendo, crescendo

e você nem estava percebendo.

 

Pensei em te contar e não tive coragem,

fiquei olhando as árvores e as paisagens,

comecei a chorar.

Mas depois eu pensei bem,

e vi que não adiantava eu me preocupar.

Nessa vida e sempre,

A gente vai se amar.

 

É um amor verdadeiro com esperança,

amor que suporta tudo com autoconfiança.

Mas há o que pode ser levado pela ilusão,

por que depois quem sofre é o coração.

 

E se a gente vai ficar juntos,

eu não sei...

Quem sabe é só Deus o nosso Rei.

Se ele realizar esse sonho que é apenas um desejo meu...

Não terei nada melhor,

que ver o sol nascer e ficar com você.

 

Josiane de Jesus Corrêa, estudante do 8° ano da Escola Estadual Frei José Wulff, em Liberdade – MG.

 

 

 

Todos direitos estão reservados a "Antologia Liberdade dos Poetas" e a autora  conforme artigo (Lei 9610/98)

 

 

Contato

Escritor Leandro Campos Alves https://www.clubedeautores.com.br/authors/75816

https://www.facebook.com/escritorleandroalves/

http://busca.saraiva.com.br/q/leandro-campos-alves

https://plus.google.com/u/0/+EscritorLeandroCamposAlves